Aprendizagem autorregulada por alunos do curso de Design de Moda: um estudo exploratório

Maria Antonia Romão da Silva, Paula Mariza Zedu Alliprandini

Resumo


O objetivo deste trabalho foi verificar a frequência do uso de estratégias de aprendizagem autorregulada por alunos do Curso de Design de Moda de uma Instituição Pública do Paraná. Participaram do estudo 84 alunos matriculados nas quatro séries do curso, que responderam a uma Escala de Estratégias de Aprendizagem para Estudantes Universitários (EEA-U). A análise dos dados revelou que os alunos utilizam com maior frequência as estratégias de Autorregulação Cognitiva e Metacognitiva, seguida pelas de Autorregulação dos Recursos Internos e Contextuais e de Autorregulação Social. Não foram evidenciadas diferenças significativas em função da série, o que indica a necessidade de um programa de formação docente nesta temática e de intervenções que possibilitem o ensino sistematizado de estratégias de aprendizagem, de modo a promover um aluno mais autorregulado em sua aprendizagem.


Palavras-chave


Autorregulação da aprendizagem; ensino superior; estratégias de aprendizagem; design de moda

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/caduc.v0i60.11904