A AÇÃO HISTORIOGRÁFICA SEGUNDO ALFREDO PIMENTA

Alesson Ramon Rota, Jussemar Weiss Gonçalves

Resumo


O presente artigo tem como objetivo evidenciar a relação entre objetividade e subjetividade na operação historiográfica de Alfredo Pimenta a partir de sua obra Meus elementos de História de Portugal. A obra Meus Elementos de História de Portugal (1935) contém reflexões de Pimenta sobre a História. A partir do questionamento sobre “o que é História” para Pimenta é possível perceber os conflitos existenciais do autor em relação ao mundo, que inclui suas escolhas frente a formação do Estado Novo português e seus posicionamentos teóricos. Por fim, a resolução do problema revelou um profundo desgaste da história nacionalista proposta por Pimenta, que considerava ser possível chegar a uma verdade inquestionável por meio das fontes.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15210/hr.v21i22.15957

DOI (PDF): http://dx.doi.org/10.15210/hr.v21i22.15957.g10012