Memórias autobiográficas evocadas por música: Oficinas para idosos com níveis de escolaridade e socioeconômico baixos

Katarina Duarte Fernandes, Luisiana Baldini França Passarini, Letícia Tanelli, José Davison da Silva Júnior, Patrícia Maria Vanzella, Maria Teresa Carthery-Goulart

Resumo


O projeto ATIVAMENTE-UFABC tem como objetivo estimular a autonomia e melhorar a qualidade de vida dos idosos por meio da oferta de oficinas com diferentes tipos de treinos cognitivos. Os programas desenvolvidos consistem de atividades que buscam otimizar o funcionamento da atenção e memória por meio de ações socioeducativas e atividades teórico-práticas que incluem a aplicação de estratégias para maior funcionalidade e melhor autoestima em relação ao próprio potencial cognitivo. Entre essas ações, temos o AtivAmente-Musical, oficinas que por meio da música promovem o acesso a memórias autobiográficas como mecanismo para treino cognitivo, melhora do humor e resgate da identidade. No presente relato, descrevemos a experiência AtivAmente Musical ofertada  a um grupo de idosos de baixo nível educacional e socioeconômico de uma ONG de São Bernardo do Campo/SP. Ao longo de um mês, foram realizadas quatro sessões (uma por semana) de intervenção com atividades musicais que estimulavam evocações de memória autobiográfica. Analisando os resultados dos questionários de sintomas de depressão, ansiedade e  testes cognitivos aplicados antes e após a intervenção foi possível verificar uma robusta melhora no estado de ânimo dos participantes. Este projeto é considerado socialmente relevante devido à possibilidade de melhorar a qualidade de vida das pessoas através da intervenção musical e levar conhecimento à comunidade sobre o assunto , além de engajar alunos  de graduação e pós-graduação a aprenderem sobre esses assuntos na prática.


Palavras-chave


Memória autobiográfica. Música. Intervenção Cognitiva. Humor.

Texto completo:

PDF EPUB

Referências


BALL, K. et al. Effects of cognitive training interventions with older adults: A randomized controlled trial. Journal of the American Medical Association, 288(18), 2271-2281, 2002.

BELFI, Amy M.; KARLAN, Brett; TRANEL, Daniel. Music evokes vivid autobiographical memories. Memory, 24(7):979-89, 2016.

BORRINI, G. et al. Autobiographical memory. Sensitivity to age and education of a standardized enquiry. Psychological Medicine, 19, 215–224, 1989.

CARVALHO, F. C. R.; NERI, A. L.; YASSUDA, M. S. Treino de memória episódica com ênfase em categorização para idosos sem demência e depressão. Psicologia Reflexão e Crítica, 23(2), 317-323, 2010.

CHENG, Y. et al. The effects of multi-domain versus single-domain cognitive training in non-demented older people: a randomized controlled trial. BMC Medicine 10:30, 2012.

DUNLOSKY, J.; HERTZOG, C. Aging and deficits in associative memory: what is the role of strategy production? Psychology and Aging, 13(4), 597-607, 1998.

FERRARI, Elenice A de Moraes et al. Plasticidade neural: relações com o comportamento e abordagens experimentais. Psicologia: teoria e prática. v. 17, n. 2, p. 187-194, 2001.

Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e HelpAge International. Envelhecimento no Século XXI: Celebração e Desafio. 2012. Disponível em: https://www.unfpa.org/sites/default/files/pub-pdf/Portuguese-Exec-Summary_0.pdf. Acessado em 05 de março de 2018.

GAUER, G.; GOMES, W. B. A experiência de recordar em estudos da memória autobiográfica: aspectos fenomenais e cognitivos. Memorandum, v. 11, p. 102-112, 2006.

HASHTROUDI, S.; JOHNSON, M. K.; CHROSBIAK, L. D. Aging and qualitative characteristics of memories for perceived and imagined complex events. Psychology and Aging, 5, 119–126, 1990.

HAY, J. F.; JACOBY, L. L. Separating habit and recollection in young and older adults: Effects of elaborative processing and distinctiveness. Psychology and Aging, 14, 122–134, 1999.

JENNINGS, J.; JACOBY, L. Automatic versus intentional uses of memory: Aging, attention, and control. Psychology and Aging, 8, 283– 293, 1993.

KRAMER, J. H. et al. Longitudinal MRI and cognitive change in healthy elderly. Neuropsychology, 21(4), 412-418, 2007.

LEVINE, B. et al. Aging and Autobiographical Memory: Dissociating Episodic From Semantic Retrieval. Psychology and Aging, 17, 4, 677–689. 2002.

LEZAK, M. D; HOWIESON, D. B.; LORING, D. W. Neuropsychological assessment. Nova Iorque: Oxford University Press, 2004.

MCINTYRE, J. S.; CRAIK, F. I. M. Age differences in memory for item and source information. Canadian Journal of Psychology, 41, 175–192, 1987.

RAMOS, L. R. Fatores determinantes do envelhecimento saudável em idosos residentes em centro urbano: Projeto Epidoso, São Paulo. Cadernos de Saúde Pública, 19, 793-797, 2003.

SCHULKIND, Matthew D.; HENNIS, Laura Kate; RUBIN, David C. Music. Emotion, and autobiographical memory: They’re playing your song. Memory & Cognition, 27 (6), p.948-955, 1999.

SILVA JUNIOR, José Davison da. Memórias autobiográficas evocadas pela música: um estudo com idosos. Originalmente apresentado como Tese de Doutorado em Música, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2016.

SPENCER, W. D., RAZ, N. Differential effects of aging on memory for content and context: A meta-analysis. Psychology and Aging, 10, 527–539, 1995.

VERHAEGHEN, P. The interplay of growth and decline: Theoretical and empirical aspects of plasticity of intellectual and memory performance in normal old age. Cognitive rehabilitation in old age (pp. 3-22). Oxford, UK: Oxford Universit Press, 2000.

YASSUDA, M. S. et al. Treino de Memória no Idoso Saudável: Benefícios e Mecanismos. Psicol. Reflex. Crit. Vol.19(3), 470-481, Porto Alegre, 2006




DOI: http://dx.doi.org/10.15210/ee.v23i3.13200

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Expressa Extensão



_____________________________________________________

 

_____________________________________________________

   

INDEXADORES, REPOSITÓRIOS, CATÁLOGOS E BASE DE DADOS

[PT] A Expressa Extensão é indexada nos seguintes espaços:

[EN] The Expressa Extensão is currently indexed in the following databases and cataloguess: 

 

INDEXADORES:
 
REPOSITÓRIOS:

      

 

_____________________________________________________

Revista Expressa Extensão, Pelotas/RS - Brasil - ISSN 2258-8195 
Pró-Reitoria de Extensão e Cultura 
UFPEL - PREC EDITORA