Diagnóstico da alfabetização de crianças e possibilidades pedagógicas

  • Wagner Rodrigues Silva Universidade Federal do Tocantins - UFT Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
  • Mirella de Oliveira Freitas Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Marquiane Monteiro Lima Santos Universidade Federal do Tocantins - UFT
Palavras-chave: Alfabetização, Letramento, Texto, Escrita

Resumo

Diagnosticamos conhecimentos de textualidade e do sistema de escrita da língua portuguesa, apreendidos por estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental, numa escola pública brasileira. Apresentamos alguns encaminhamentos didático-metodológicos a partir do uso de textos de tradição oral como possível recurso para se alfabetizar a partir de práticas de escrita características de contextos sociais que estão além dos limites físicos da escola. Textos dessa natureza são lúdicos e inserem-se naturalmente no universo infantil. A relação afetiva que as crianças estabelecem com esses textos pode servir como estímulo e ser determinante no uso desse recurso na alfabetização. O diagnóstico apontou para várias associações improdutivas realizadas pelos alunos entre a oralidade da língua materna e a escrita.

Biografia do Autor

Wagner Rodrigues Silva, Universidade Federal do Tocantins - UFT Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Possui Licenciatura Plena em Letras (Língua Portuguesa e Inglesa) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), mestrado, doutorado em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), e pós-doutorado em Linguística Aplicada pela The Hong Kong Polytechnic University (PolyU) e pela Aswan University (Egito). Durante o curso de graduação, foi bolsista de Iniciação Científica (CNPq/PIBIC) por três anos. Atualmente é professor Associado II da Universidade Federal do Tocantins - UFT, docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Letras: Ensino de Língua e Literatura (Mestrado e Doutorado Acadêmico e Mestrado Profissional em Letras - ProfLetras), no Câmpus de Araguaína, e do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGLetras), no Câmpus de Porto Nacional. Na graduação, leciona disciplinas na área de linguagem na Licenciatura em Pedagogia, no Câmpus de Palmas. É bolsista de produtividade do CNPq (PQ-2). Tem experiência na área de Linguística Aplicada, atuando principalmente nos Estudos do Letramento, compreendendo os seguintes conteúdos: ensino de gramática, gêneros textuais, alfabetização, material didático,currículo, práticas de escrita, práticas de leitura e formação de professores. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Letras: Ensino de Língua e Literatura (Mestrado e Doutorado) durante quatro anos. É Segundo Secretário da Diretoria da Associação de Linguística Aplicada do Brasil - ALAB (Biênio 2016-2017).
Mirella de Oliveira Freitas, Universidade Federal do Tocantins - UFT
Atualmente, é doutoranda em Letras no Programa de Pós-Graduação em Letras: Ensino de Língua e Literatura, Câmpus de Araguaína da Universidade Federal do Tocantins. Possui graduação em Letras (Licenciatura plena em Inglês / Português) e Mestrado em Linguística pela Universidade Federal de Uberlândia; Especialização em Psicopedagogia em Contextos Educacionais (pela Faculdade Católica de Uberlândia). Atuou, até julho de 2008 como professora de Língua Portuguesa para o Ensino Fundamental, ministrando aulas no Colégio Marista Champagnat de Uberlândia e como professora efetiva da Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais e da Rede Municipal de Ensino de Uberlândia, MG. Também foi professora do Curso Técnico de Segurança Pública da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) . Já ministrou aulas como professora substituta na Universidade Federal de Uberlândia e na Universidade Federal de Juiz de Fora, na área de Letras e Linguística, com ênfase em Língua Portuguesa e Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: práticas de ensino, produção de textos, gêneros textuais, coerência e argumentação. Atualmente, é professora adjunta da Universidade Federal do Tocantins, no Câmpus de Palmas-TO. Os temas de pesquisa de seu interesse são: práticas de linguagem nas salas de aula, formação de professores, alfabetização e letramento.
Marquiane Monteiro Lima Santos, Universidade Federal do Tocantins - UFT
Possui Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal do Tocantins (UFT). Atualmente, é professora da Educação Básica no Estado do Tocantins.
Publicado
2019-03-12
Como Citar
Silva, W. R., Freitas, M. de O., & Santos, M. M. L. (2019). Diagnóstico da alfabetização de crianças e possibilidades pedagógicas. Revista Linguagem & Ensino, 20(2), 421-448. https://doi.org/10.15210/rle.v20i2.15249