História das ideias linguísticas e sua institucionalização: um primeiro percurso em um programa coletivo de pesquisa

Amanda Scherer, Claudia Regina Castellanos Pfeiffer, Vanise Gomes de Medeiros, Thaís de Araujo de Costa

Resumo


Com este artigo damos a saber de um primeiro percurso em um programa coletivo de pesquisa sobre a institucionalização da História das Ideias Linguísticas no Brasil, em seus diferentes eixos de produção e de circulação. Trazemos aqui três gestos analíticos iniciais que vão ilustrar a complexidade e o vigor deste campo do conhecimento: o que diz respeito à construção de uma rede de pesquisadores em contínua formação; o que se refere à historicidade e ao processo de transmissão – em que perscrutamos sua inscrição inicial como projeto e seu percurso em encontro representativo no campo das ciências brasileiras, o ENANPOLL, e em que observamos o quadro atual de bolsas produtividade vigentes –; e, por fim, o que se refere à representatividade institucional e acadêmico-científica em contexto nacional – em que apresentamos um mapeamento inicial de disciplinas de História das Ideias Linguísticas na graduação e na pós-graduação de universidades estaduais e federais brasileiras.


Palavras-chave


História das Ideias Linguísticas no Brasil; Análise do Discurso; Institucionalização; Disciplinarização; Programa de Pesquisa.

Texto completo:

PDF

Referências


AUROUX, Sylvain. A revolução tecnológica da gramatização. Campinas: Unicamp, 1992.

AUROUX, Sylvain. L’historicité des sciences. In: AUROUX, Sylvain. La question de l’origine des langues. Paris, Quadrige, PUF, 2007.

CHISS, Jena-Louis; PUECH, Christian. Le langage et ses disciplines XIX-XX siècles. Paris, Bruxelles, Éditions Ducolot, 1999.

COSTA, Thais de A. da. Alguns apontamentos para uma história da HIL na França e no Brasil. Língua e instrumentos linguísticos, Campinas, n. 44, p. 9-34, 2019.

FERREIRA, Ana Claudia F. A análise de discurso e a constituição de uma História das Ideias Linguísticas do Brasil. Fragmentum, Santa Maria, n. Especial, p. 17-47, 2018.

GUILHAUMOU, Jacques; MALDIDIER, Denise. Efeitos do arquivo: a análise do discurso no lado da história. In: ORLANDI, Eni Puccinelli. (Org.). Da história no discurso. 3. ed. Campinas: Ed. da UNICAMP, 2010. p. 161-183.

GUIMARÃES, Eduardo. Política científica e produção de conhecimento no Brasil (Uma aliança tecnológica?). In: GUIMARÃES, Eduardo. (Org.). Produção e circulação de conhecimento: Política, ciência, divulgação. Campinas, SP: Pontes editores, 2003.

INDURSKY, Freda. GT de Análise do Discurso: sete anos de atividades. Revista da ANPOLL, v. 1, n. 1, p. 37-42, 1994.

MEDEIROS, Vanise. Análise de Discurso e História das Ideias Linguísticas: perscrutando conceitos. In: VENTURINI, Maria Cleci; RASIA, Gesualda dos Santos. Museus, arquivos e discursos: funcionamentos e efeitos da língua, da memória e da história. Campinas, SP: Pontes Editores, 2020. p. 165-182.

ORLANDI, Eni. Ir ao Congresso: fazer história das idéias lingüísticas? In: Eni de Lourdes Puccinelli Orlandi; Eduardo R. J. Guimarães. (Org.). Institucionalização dos Estudos da Linguagem. Campinas: Pontes, 2002.

ORLANDI, Eni Discurso e Texto: formulação e circulação dos sentidos. 1ª ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2001.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução Eni Pulcinelli Orlandi. Campinas: Pontes, 1990.

PÊCHEUX, Michel. Análise de Discurso e Informática. In: ORLANDI, Eni. Análise de Discurso – Michel Pêcheux. Campinas: Pontes, 2011. p. 275-282.

PÊCHEUX, MICHEL; FICHANT, Michel. Sobre a história das ciências. Lisboa, Estampa, 1971.

PUECH, Christian. Linguistique et partages disciplinaires à la charnière des XIX et XX siècles: Victor Henry (1850-1907). Louvain/Paris, Ed. Peeters, Coll. Bibliothèque de l’Information Grammaticale, 2004.

SCHERER, Amanda Eloina; PFEIFFER, Claudia Castellanos; MEDEIROS, Vanise Gomes. Produção e Circulação na história das ideias linguísticas – um programa de pesquisa coletivo. Em GT de AD, XXXIII ANPOLL, 2018.

SCHERER, Amanda Eloina. Arquivos de Língua. In: MEDEIROS, Vanise; ESTEVES, Phellipe et al. Almanaque de fragmentos: ecos do século XIX. Campinas: Pontes; RJ: FAPERJ, 2020. p. 31-37.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Qualis: A1 (Letras, 2016)

ISSN (digital): 1983-2400

A Revista Linguagem & Ensino adota a política de acesso aberto conforme a Licença BY-NC-ND 2.5 BR da Creative Commons