A abordagem do ciclo de políticas: uma leitura pela teoria do discurso

Ana de Oliveira

Resumo


Neste artigo, apresentamos questionamentos à proposta de Stephen Ball de inclusão de um contexto de estratégias políticas e de um contexto de efeitos na sua abordagem do ciclo de políticas pelo risco de reintroduzir uma centralidade na significação das políticas. Em contrapartida, visando a aprofundar a crítica a essa centralidade e à separação entre proposta e implementação nas políticas curriculares construída por Ball, reforçamos os argumentos sobre as potencialidades da teoria do discurso para tal intento. Defendemos, assim, que a teoria do discurso de Ernesto Laclau é mais potente para a compreensão de como sujeitos atuam na produção de políticas em diferentes contextos e de como os significados são discursivamente produzidos e hegemonizados. 
Palavras-chave: políticas curriculares; teoria do discurso; ciclo contínuo de políticas.
The Policy Cycle Approach: a Reading through the Discourse Theory 
Abstract
In this paper, we discuss Stephen Ball´s proposal to include a context of political strategy and a context of outcomes in his policy cycle approach, because of the risk of reintroducing a centrality in policy meaning. On face of it, we aim to deepen the criticism to this centrality and to the separation between proposal and implementation in the curriculum policy designed by Ball. In this way, we have emphasized the points on the discourse theory potentialities for such purpose. Therefore, we argue that Ernesto Laclau’s discourse theory is more powerful to explain how subjects act in policy production in different contexts and how meanings are discursively produced and hegemonized.
Keywords: curriculum policy; discourse theory; policy cycle approach.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15210/caduc.v0i38.1541