Revista Discente Ofícios de Clio

A Revista Discente Ofícios de Clio é um projeto ligado ao Laboratório de Ensino de História (LEH), e ao Programa de Pós-Gradução em História (PPGH), ambos da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A Revista tem periodicidade semestral e objetiva proporcionar aos nossos graduandos e pós graduandos, bem como aos alunos de áreas afins e/ou de outras Instituições, um espaço qualificado de debate e de incentivo ao incremento da pesquisa. Como se sabe, um grande número de revistas acadêmicas não aceitam artigos de alunos não formados e, em alguns casos, apenas de portadores de título de Mestrado. A Ofícios de Clio almeja oportunizar aos discentes o incremento de seus currículos, visando seu futuro desenvolvimento acadêmico e profissional. ISSN 2527-0524

Notícias

 

CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO - Nº 13 - 2022/2

 
Chamada para publicação de artigos em dossiê – 2022/2
Convidamos a comunidade acadêmica a colaborar com a Revista Discente Ofícios de Clio, dos cursos de Graduação e Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A Revista é ligada ao Laboratório de Ensino de História da UFPel (LEH) e vinculada ao Departamento de História e ao Programa de Pós-Graduação em História. Possui periodicidade semestral, sendo publicada em formato online no endereço https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/CLIO , com ISSN 2527-0524.
Serão aceitos artigos inéditos de História ou temas afins, nas línguas portuguesa ou espanhola. O (a) autor (a) deverá ser aluno de graduação ou pós-graduação, ou tê-la concluído no máximo há seis meses no momento do envio. A Revista Discente Ofícios de Clio é dividida em quatro seções. A primeira delas constitui-se de um dossiê temático, para o qual é realizada chamada específica e são convidados a participar, na condição de proponentes, uma dupla ou trio de doutorandos (as). A segunda seção é composta por artigos livres. A terceira seção é específica para área de Ensino de História e afins, contemplando reflexões teóricas sobre as práticas de ensino e experiências de ensino, tais como trabalho com monitorias, atividades do PIBID, estágios, experiências em Educação Patrimonial, etc. A quarta seção da revista será composta por resenhas de obras publicadas em língua portuguesa ou estrangeira.
Para nosso décimo terceiro número, a ser publicado ainda neste ano - correspondendo ao segundo semestre -, o dossiê temático intitula-se "Os mundos do trabalho no Brasil independente e as experiências de trabalhadoras e trabalhadores em suas diversas perspectivas: gênero, raça, classe, etnia e cultura", sob a organização das doutorandas Maria Clara Hallal e Taiane Mendes Taborda, ambas do Programa de Pós-Graduação em História da UFPel.
Em 2022 o Brasil completa 200 anos como país independente tendo como base de sua formação social e da configuração do seu mercado de trabalho o modelo escravista. Buscando refletir sobre os rumos dos mundos do trabalho e das trabalhadoras e trabalhadores no Brasil independente, esse dossiê busca pesquisadoras e pesquisadores que quiserem contribuir com
artigos que analisem as pluralidades que atravessam os mundos do trabalho no Brasil, como a classe, a raça, o gênero, a etnia e a cultura tanto no campo como na cidade.
O país, após emancipar-se de Portugal, passou da adoção da mão de obra escrava negra para a imigrante branca, constituindo de forma desigual as suas relações de trabalho pautando-se
na exploração, informalidade e precariedade na Primeira República. Fato moldado posteriormente pela política trabalhista de Getúlio Vargas e o implemento de uma legislação que regulamentasse essas relações, a Consolidação das Leis do Trabalho, em 1943. Embora ao longo da história essa legislação tenha sido alterada de acordo com as necessidades do capital, recentemente acirraram-se os discursos neoliberais que cercam os direitos trabalhistas promovendo alterações mais aceleradas. Por outro lado, a profunda crise econômica que tem afligido o país nos últimos anos coloca novas questões diante do aumento do desemprego e da massa de trabalhadoras e trabalhadores jogados na informalidade.
Diante do exposto, são bem-vindas pesquisas que reflitam sobre as mais variadas experiências de trabalhadoras e trabalhadores nos mundos do trabalho do Brasil independente. Destacando as suas ações frente aos grupos dominantes no contexto de trabalho escravizado, livre formal ou informal, imigrante, feminino, operário, campesino assim como as que abordem os panoramas atuais das relações de trabalho no Brasil.
As Normas e o Regimento da Revista encontram-se no site. Os artigos devem ser inéditos e seu conteúdo é de responsabilidade do (a) autor (a). Informações adicionais podem ser solicitadas por meio do e-mail oficiosdeclio@gmail.com . A submissão de artigos se dará por intermédio do site da Revista http://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/CLIO e do envio simultâneo para o e-mail oficiosdeclio@gmail.com. Lembramos que o não envio do trabalho ao email acima acarreta na não recepção e, consequentemente, não avaliação do manuscrito.
O período de recebimento dos artigos para essa edição será entre os dias 06 de junho e 22 de agosto de 2022.
Pedimos ampla divulgação entre seus contatos.
A Editoria da Revista Discente Ofícios de Clio.
 
Publicado: 2022-06-06
 

Publicação de nosso Nº 11

 
Prezados colaboradores (as) e leitores (as),

Com satisfação, divulgamos a publicação de nosso número 11, correspondente aos meses de julho à dezembro de 2021. Neste número, contamos com 5 artigos em nosso dossiê temático, intitulado "Corporeidades em luta: feminismos e corpos de resistência ao sul global, proposto pelas doutorandas Eduarda Borges da Silva (UFGRS) e Marluce Dias Fagundes (UNISINOS), 6 artigos livres, 1 no dossiê educação e 1 resenha.
Aproveitamos para agradecer a todos e todas que participaram da construção, ao longo dos meses, deste novo número, desde autores e avaliadores, às proponentes, revisores bem como a todos os membros da Equipe Editorial.
A presente publicação presta uma homenagem ao professor Dr. Enrique Serra Padrós, recentemente falecido. Além de sua imensa contribuição a pesquisa e ao ensino de história, Enrique fazia parte de nosso Conselho Consultivo e sempre colaborou com nossa Revista. Sua falta será imensamente sentida.

Atenciosamente,

O editor assistente

 
Publicado: 2021-12-29
 
Outras notícias...

v. 6, n. 11 (2021): Ofícios de Clio

Edição completa

Ver ou baixar a edição completa PDF

Sumário

Expediente

Equipe Editorial
PDF
3

Apresentações

Equipe Editorial
PDF
8
Eduarda Borges da Silva, Marluce Dias Fagundes
PDF
12

Dossiê Corporeidades em luta: Feminismos e corpos de resistência ao sul global

Eduarda Borges da Silva, Guilherme Nicolini Pires Masi
PDF
17
Esdra Basílio
PDF
37
Marluce Dias Fagundes
PDF
57
Gabriela Traple Wieczorek
PDF
77
Gabriela Luiz Scapini
PDF
87

Dossiê Educação

Layana Sales de Oliveira
PDF
106

Artigos Livres

Maria Eduarda Câmara
PDF
124
Cayo Renan Alves Mateus
PDF
140
Celso Fernando Barroso Lima
PDF
155
Silvane Gonçalves
PDF
169
Douglas Reisdorfer
PDF
183
Artur Silva Lins
PDF
202

Resenhas

Willian Marcio Barbosa Vieira
PDF
223